Baralho Cigano

baralho-cigano-005-702x336.jpg

Baralho cigano


O Baralho cigano foi criado com base no Tarô, que sofreu adaptação, tornando-se mais simples. Foi difundido pelo povo cigano ao redor do mundo.
Sua origem tem várias teorias plausíveis: para alguns, os mistérios acumulados pelo povo do continente Atlante foram passados aos sacerdotes egípcios e estes, para preservarem o conhecimento adquirido ao longo dos séculos, concluíram que a melhor maneira de conservar “a síntese” de todo o conhecimento era elaborar figuras simbólicas gravadas em pedras, madeiras ou papiros.
Dizem que os ciganos desvendaram esses símbolos, adaptaram e os incorporaram às suas tradições, mistérios e magias.
Além de muitas outras hipóteses, sabe-se que somente no século XVIII, ele chegou ao conhecimento do público na França, através de Madame Lenormand, que adaptou as Lâminas ao baralho comum, denominando-o de Baralho Cigano.
As cartas ciganas mais conhecidas apresentam 36 cartas, separadas em quatro grupos de nove, com os mesmos naipes do baralho tradicional. Cada um desses naipes corresponde a um dos quatro principais elementos da natureza.
Fonte: Baralho de Cartas Ciganas (Inspirado em Lenormand). Ed. Artha. Autor: Rosalinda da Matta.


Atendimento com:
    •    Ametista
    •    Lucinha (Cigana Lua).